Get Amazing Stories

Get great contents delivered straight to your inbox everyday, just a click away, Sign Up Now
Email address
Secure and Spam free...


Diferenças: Escada Dupla, Escada Dupla Extensível e Escada Dupla Regulável

É difícil precisar quando se iniciou o uso das escadas duplas. Sempre aparentam ser uma boa ideia, pois deixam de depender de apoio de outras estruturas, como paredes ou postes, além de preencher as aplicações a que as escadas paralelas não suprem. Evidentemente, a estabilidade muda, além de aparecer a questão do nivelamento, mas este é problema de fácil solução para quem precisa trabalhar acima do solo.

Escada Dupla (série Dupla-Dup da Alustar)

É também conhecida como escada de pintor. A altura deve ser definida pela disponibilidade de espaço, inclusive para manobra. Com isto, cada tamanho de escada tem vantagens e desvantagens que devem ser consideradas no ato da compra. À medida que a tecnologia desenvolve soluções de construção e acabamento que envolvem suspensão e embutimento, as escadas duplas assumem mais e mais usos.

Escada Dupla Extensível (série DE da Alustar)

Este produto tem a vantagem de incorporar as funcionalidades dos modelos da escada dupla e da escada paralela. Fechada, à semelhança de qualquer escada dupla, a Escada Dupla Extensível oferece a manobrabilidade e a portabilidade proporcionais ao porte, podendo sempre ser usada em apoio a estruturas fixas, como paredes, muros ou postes. Mas, com o recurso da abertura, a escada tem acrescentado um adicional estimado em 65% no comprimento. Volta então a depender exclusivamente do apoio em estruturas fixas em relação ao solo, mas com a manobrabilidade de uma escada bem mais curta.

Escada Dupla Regulável (série DR da Alustar)

A Escada Dupla Regulável possibilita fixação em locais desnivelados. Apresenta as desvantagens comuns das escadas duplas: a necessidade do nivelamento das sapatas, duas a duas, mas isto sempre pode ser obtido com o auxílio de recursos inclusos na própria escada, e, caso necessário, materiais comuns em obras, como tábuas e tijolos que, devidamente calçados, possibilitem nivelar cada par de sapatas. Esta é uma condição indispensável, sem a qual a subida na escada se torna proibitiva, sob risco de quedas e acidentes com alto índice de mortalidade. De fato, uma certificação em práticas de nivelamento de escadas duplas é interessante para o operador, para as equipes e para a empresa. Convém inclusive ler cuidadosamente a Recomendação Técnica de Procedimentos (RTP) 04, publicada pela Fundacentro e disponível para download gratuito no site www.fundacentro.org.br, descrevendo detalhes e diretrizes para assestamento, transporte e armazenagem de escadas móveis e escadas duplas.

Semelhanças

Apesar das concepções e funcionalidades diferentes, as escadas duplas descritas acima têm em comum a estrutura de Alumínio, mais leve que o Ferro, e muito mais leve que a madeira, viabilizando deste modo escadas que podem chegar a alturas de 13 m ou mais, e ser carregadas por uma a duas pessoas, algo que seria muito mais complexo caso a estrutura fosse de Ferro ou de madeira.
Visto isto, é essencial, para a aquisição, definir qual é o porte de escada e as funcionalidades essenciais, confrontar com o custo que se está disposto a pagar pelo recurso, e eleger a escada correta, no site www.amelhorescada.com.br.

Produtos Relacionados

Escada Dupla

Escada Dupla

Escada Dupla Extensível

Escada Dupla Extensível

Escada Dupla Regulável

Escada Dupla Regulável

Escadas Multifuncionais

Escadas Multifuncionais

Em nosso site você encontrará: