Get Amazing Stories

Get great contents delivered straight to your inbox everyday, just a click away, Sign Up Now
Email address
Secure and Spam free...


Escada Antiderrapante

Recursos contra derrapagem são essenciais quando o trabalho é executado em altura. Derrapagens geralmente resultam perdas de equilíbrio seguidas de quedas, eventos estes sempre nocivos, mas, quando associados a alturas, propiciam resultados desastrosos, comprovadamente mais danosos do que cair da própria altura.

O que são derrapagens?

Trata-se de fenômenos de transporte. Em algumas aplicações são favoráveis e essenciais, caso dos trenós, patins de gelo e esquis. Noutras, como caminhar, cavalgar ou trafegar, são contraproducentes, gerando desvios de rota e perda de eficiência.
O transporte terrestre se baseia em atrito. Para se deslocar, um veículo dotado de rodas depende essencialmente de atrito para adquirir impulso. Até o advento dos pneumáticos, a relação de área de contato entre roda e solo era fixa, mas no caso dos pneumáticos esta relação varia conforme o peso e a velocidade do veículo, formando uma área de contato mensurável. Caso entre as superfícies do solo e do pneumático venha a ficar retida uma “lâmina” de água ou óleo, qualquer aceleração, frenagem ou variação de direção (eventualmente todos os fatores combinados) pode resultar perda de adesão, iniciando o fenômeno descrito como derrapagem. Isto pode ocorrer igualmente com um calçado, levando a pessoa à derrapagem e potencializando quedas.

Técnicas antiderrapagens

Líquidos são virtualmente incompressíveis: uma lâmina de liquido retida entre duas superfícies sujeitas a esforços na vertical tenderá a um equilíbrio estável, mas qualquer esforço ou impulso sobre, por exemplo, um transeunte, em direção paralela ao solo, pode produzir uma aquaplanagem. O efeito é um deslizamento que altera não apenas a condição de equilíbrio vertical da pessoa em movimento, como gera alterações no formato, na espessura e no escoamento da lâmina de água ou óleo que iniciou o fenômeno. Isto sabido, a primeira providência é evitar a formação das lâminas de líquido confinado: trata-se dos sulcos, normais em solas vulcanizadas, assim como em pneumáticos. No caso destes, a vazão nos sulcos é estudada de modo a garanti-la em velocidades acima de 100 km/h, de modo a evitar pressurizar esses sulcos e correr o risco de erguer a roda do solo!

No caso dos calçados, existem outros fatores de incertezas: calçados com solado liso, solado gasto, sola mais grossa ou mais fina, eventualmente deformada. Nestes termos, a Alustar optou por não deixar a solução das derrapagens inteiramente a cargo dos calçados do usuário, passando a incluir recursos antiderrapantes na estrutura das escadas. Tamanho acúmulo de fatores antiderrapantes exige de fato atenção durante o trafegar.

Modos de evitar derrapagens existem num certo leque de alternativas. Uma dessas consiste de aplicar, sobre as superfícies de apoio, películas de borracha devidamente estriadas, para assegurar escoamento de líquidos que tenham se precipitado nos degraus, ou sido trazidos do pavimento através dos calçados do usuário. Outras alternativas são plataformas de apoio e degraus fabricados com barras ou chapas com estrutura estriada, usinada ou estampada, eventualmente corrugada, gerando os desníveis essenciais para escoamento de líquidos.

Produtos Relacionados

Escada Dupla

Escada Dupla

Escada Extensível

Escada Extensível

Escada Plataforma/Trepadeira

Escada Plataforma

Escada Paralela

Escada Paralela

Em nosso site você encontrará: